Terça, 25 Setembro 2018
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

A cada dois segundos, uma pessoa é obrigada a deslocar-se por conflitos ou perseguição

refFoto ONU: Rick Bajornas

Com ONU News

Esta quarta-feira, 20 de junho, é o Dia Mundial dos Refugiados. Segundo as Nações Unidas, há 68,5 milhões de refugiados ou deslocados internos.

O secretário-geral da ONU lembra que esses civis fugiram de conflitos ou perseguição. Segundo António Guterres, a cada dois segundos, uma pessoa torna-se deslocada. A maioria nos países mais pobres do mundo. No Dia Mundial do Refugiados, o líder da ONU pede para que todos pensem em formas de ajudar os refugiados, porque “a resposta começa com união e solidariedade”.

Guterres está muito preocupado com a falta de proteção dos refugiados, por isso, defende o restabelecimento da integridade do regime internacional de proteção de refugiados.

Isto significa dar apoio aos países e às comunidades que acolhem essas pessoas que fugiram de guerras ou de perseguições. António Guterres lembra que enquanto essas situações existirem, continuará a haver refugiados.

A Organização das Nações Unidas espera que a Assembleia Geral adote, no segundo semestre deste ano, o Pacto Global para a Migração. O documento apresentará alternativas de proteção e reconhecerá a contribuição que estes cidadãos dão para as sociedades que os acolhem.