Quarta, 12 Dezembro 2018
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

21 de fevereiro: Homenagem às línguas maternas

UNESCO

A importância das línguas maternas determinou que a Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em Novembro de 1999, proclamasse o dia 21 de fevereiro como o Dia Internacional da Língua Materna.

Estima-se que são faladas aproximadamente 7.000 línguas maternas diferentes no mundo, mas apenas cerca de 100 possuem o estatuto legal de língua oficial de um Estado. No entanto, somente 5% das línguas do mundo possuem mais de um milhão de falantes nativos.

A língua materna faz parte da nossa identidade e herança cultural mas o seu crescente declínio em números totais põem em causa a diversidade e o património da cultura mundial. Com efeito, a UNESCO estima que mais de 3.500, das 7.000 línguas faladas em todo o mundo, estão em risco de extinção em algumas gerações. Por isso, a consagração de um dia em que todos se unem à volta da Língua Materna é essencial para defender, preservar e promover as línguas maternas.

A UNESCO reitera todos os anos o seu compromisso na proteção e na promoção da diversidade linguística e do multilinguismo. O tema do Dia Internacional da Língua Materna de 2018 centra-se na diversidade linguística e no multilinguismo enquanto elementos essenciais para o desenvolvimento sustentável.

No Objetivo de Desenvolvimento Sustentável nº 4, meta 6, a Agenda 2030 foca a relevância da educação de qualidade e a aprendizagem ao longo da vida para todos, com o objetivo de garantir que todas as mulheres e todos os homens adquiram competências, conhecimentos e valores de forma a participarem de maneira plena na construção de sociedades sustentáveis.

Ao todo, existem 287 línguas nativas na Europa - um número surpreendentemente pequeno em comparação com as 2.144 línguas vivas originárias de África e com as 2.294 provenientes da Ásia. Contudo, graças ao multilinguismo global, a Europa é o lar de algumas das maiores e mais faladas línguas do mundo, como o inglês, o espanhol, o francês e o português.

A língua portuguesa é a quarta língua mais falada do mundo, com 261 milhões de falantes, nos cinco continentes. Segundo o Observatório da Língua portuguesa, estima-se que 380 milhões de pessoas falarão português em meados do século XXI. É ainda a língua mais falada no hemisfério sul, um dos cinco idiomas com mais utilizadores nas plataformas digitais e língua de trabalho em 32 organizações internacionais.

 

“DA MINHA LÍNGUA VÊ-SE O MAR” – Vergílio Ferreira

“Uma língua é o lugar donde se vê o Mundo e em que

se traçam os limites do nosso pensar e sentir. Da minha

língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor,

como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do

deserto. Por isso a voz do mar foi a da nossa inquietação”