Terça, 17 Julho 2018
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

Unicef procura angariar 2.9 mil milhões de euros para emergências humanitárias

O dinheiro será utilizado em operações para assistir os 48 milhões de crianças em situações "catastróficas"; os menores precisam de ter acesso a água potável, educação, vacinas e apoio psicossocial.

unicef children syria feb2018

Com ONU News em Nova Iorque. 

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, lançou esta terça-feira o plano Ação Humanitária para Crianças 2018. A agência procura angariar 2.9 mil milhões de euros para ajudar 48 milhões de crianças que vivem em regiões afetadas por conflitos, desastres naturais e outras emergências.

Apesar desta ajuda ser necessária em vários países, 84% do montante solicitado será destinado a países afetados por violência e conflitos, como o Afeganistão, o Iémen, a República Democrática do Congo, a Síria e a Somália.

Angola

Angola é o único país de língua portuguesa mencionado no apelo da Unicef. A agência da ONU pede mais de 11.7 milhões de euros para projetos que beneficiarão crianças Angolanas.

O diretor de Programas de Emergência da Unicef, Manuel Fontaine, afirma que "117 milhões de pessoas, a viver em situações de emergência, não têm acesso à água potável em países em conflito". Por isso, "mais crianças morrem de doenças causadas por água não tratada e fraco saneamento do que pela violência direta".

A Unicef pretende utilizar o dinheiro para fornecer água potável a 35,7 milhões de pessoas; apoiar a educação de 8,9 milhões de crianças; imunizar 10 milhões de crianças contra o sarampo; dar apoio psicossocial a 3,9 milhões de crianças e tratar 4,2 milhões que sofrem de subnutrição severa.

Sustainable Development Goals LOGO PT vertical 250

NoBanner SDG POSTER PT 250px

Mensagem de Ano Novo do Secretário Geral

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária