Quarta, 18 Outubro 2017
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

Dia Internacional das Raparigas: As raparigas de hoje podem ser as líderes de amanhã

GCID

A Organização das Nações Unidas assinala hoje, dia 11 de outubro, o Dia Internacional das Raparigas, celebrando o potencial das jovens mulheres. Instituído por uma Resolução da organização internacional em 2011, este dia procura promover a realização dos direitos fundamentais das raparigas mas também sublinhar os obstáculos à sua concretização, alertando para os desafios que estas enfrentam diariamente em diferentes contextos.

A nível global, as raparigas e jovens adolescentes constituem o grupo mais vulnerável à violência, à exploração e ao abuso sexual. Seja em contextos de guerra, na sequência de desastres naturais ou em zonas de conflitos, as crises humanitárias afetam desproporcionalmente raparigas e jovens mulheres, que representam mais de 75% dos refugiados ameaçados por guerras, fomes e repressão. 

Infelizmente, e como indica a criação de um dia internacional dedicado às raparigas, é preciso um maior empenho da comunidade internacional na luta contra os atuais contextos discriminatórios e desiguais sobre as raparigas. É, portanto, essencial que este grupo tão importante e vibrante da sociedade, que são as jovens mulheres, não seja negligenciado ou esquecido no panorama social, político e económico. 

A desigualdade de género ainda se encontra enraizada por todo o mundo. As mulheres representam, por exemplo, a maioria das crianças que não vão à escola. Existem, contudo, desenvolvimentos positivos que não devem ser ignorados. Em Portugal, o nível de escolaridade das raparigas tem vindo a subir nas últimas décadas, demonstrando que o país se tem empenhado na democratização do ensino no nível básico, secundário e superior. No entanto, isso não se reflete no que as mulheres ganham face aos homens, evidenciando os desafios que as raparigas ainda enfrentam nas suas vidas como jovens adultas.  

As raparigas são crucias para o desenvolvimento de um futuro sustentável e justo. São fonte de poder, de energia e de criatividade e, por isso, devem ter voz nas suas comunidades.

Saiba mais sobre o trabalho da ONU na capacitação das mulheres

António Guterres visita Dominica após passagem de furacão

Sustainable Development Goals LOGO PT vertical 250

Sustainable Development Goals POSTER 250px

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária