Domingo, 23 Novembro 2014
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

Nova agenda do desenvolvimento deve assegurar dignidade humana para todos, afirma o Vaticano

A dignidade e transcendência de todas as pessoas deve ser a consideração prioritária enquanto os Estados Membros desenvolvem os trabalhos para definir novos objetivos de desenvolvimento para o período após 2015. Afirmou hoje,  o Secretário de Relações com os Estados do Vaticano nas Nações Unidas.

565160

Os objetivos devem "permitir uma vida digna para todos os seres humanos, desde os mais velhos às crianças recém nascidas", disse Dominiqye Mamberti, citando o Papa Francisco enquanto discursava para o plenário da Assembleia Geral no último dia do debate de alto nível da 68ª sessão.

No interesse de um desenvolvimento humano univeral e integrado, a agenda para o pós 2015 deve começar por fortalecer a unidade básica do desenvolvimento estável e sustentável- a família, baseada na união da mulher e de um homem e  na proteção dos seus direitos.


Para a solidariedade universal,  também é importante criar objetivos partilhados que aproximem todos os Estados Membros.  Dessa forma, apelou a um processo de negociação mais aberto e inclusivo com o objetivo de reformar as instituições financeiras internacionais.

Para além de que são necessários melhores mecanismos para  supervisionar o alcance dos objetivos de desenvolvimento e fomentar a política económica de forma a obter resultados concretos na eliminação da fome mundial e promover o desenvolvimento sócioeconómico.

Esta nova agenda do desenvolvimento estará incompleta se a paz não for abordada. Afirmou, sublinhando que a guerra, terrorismo, crime organizado e outras formas de violência armada seriam os primeiros obstáculos ao desenvolvimento.

Na Síria, ele apelou aos líderes para abandonarem as soluções militares e optarem por uma resolução pacífica do conflito, protegendo os direitos humanos. Disse, afirmando que a minoria cristã na Síria não devia ser forçada ao exílio.

O conceito de responsabilidade de proteger foi bastante importante para o Vaticano, mas foi dada bastante ênfase em usar armas para proteger civis desde que os conflitos começaram, em vez de prevenir o derrame de sangue que ameaçou no horizonte.

Uma resolução pacífica e duradoura do conflito sírio iria criar um precedente significativo para a década presente,  colocando a comunidade internacional no caminho de evitar mais conflitos e honrar a responsabilidade de proteger.

1 de outubro de 2013 , Nova Iorque, Centro de Notícias da ONU|Traduzido por UNRIC

 

69º Aniversário da Organização das Nações Unidas assinalado em Lisboa e Porto

UNDAY-PT

Façamos um mundo melhor

Vamos fazer do mundo um lugar melhor 

Vídeo apresentado no contexto da Cúpula do #Clima das Nações Unidas.

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

O Centro Regional de Informação das Nações Unidas para a Europa Ocidental (UNRIC), sedeado em Bruxelas, presta informação sobre as actividades da ONU nos países da região, incluindo Portugal. Põe à disposição do público os principais relatórios da ONU, documentos, publicações, fichas informativas, comunicados de imprensa e notícias, em várias línguas, nomeadamente o português.