Domingo, 23 Novembro 2014
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

Cooperação hídrica deve ser uma prioridade da agenda de desenvolvimento sustentável, adverte a ONU

545872A cooperação hídrica, aos níveis nacional e mundial, é essencial para alcançar o desenvolvimento sustentável e assegurar que as pessoas tenham acesso a este recurso precioso, apontou um líder das Nações Unidas numa conferência em Dushabe, no Tajiquistão.

“O mundo não está apenas a experienciar o crescimento explosivo da procura de recursos hídricos, mas o desperdício de água e a poluição ameaçam também, de forma crescente, a integridade dos ecossistemas aquáticos e agrícolas, essenciais para a vida e a segurança alimentar”, disse também Rebeca Grynspan, Administradora Associada do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), na Conferência Internacional de Alto-Nível sobre Cooperação Hídrica.

“As alterações climáticas não estão a ajudar nenhum deles, aumentado a variabilidade no ciclo da água e agravando os acontecimentos extremos como cheias e secas que complicam ainda mais os desafios já existentes na gestão e governação hídrica. Se esta tendência continuar, até 2025 3 mil milhões de pessoas poderão estar a viver em áreas afectadas pelo stress hídrico ou escassez da água”.

Neste momento, cerca de 770 milhões de pessoas em todo o mundo têm falta de acesso a fontes de água melhoradas e 2,5 mil milhões não têm acesso a saneamento básico. Como parte dos seus esforços para enfrentar estas questões, a Organização das Nações Unidas declarou 2013 como o Ano Internacional da Cooperação pela Água, reconhecendo que a cooperação é essencial para encontrar um equilíbrio entre as diferentes necessidades e prioridades e para partilhar este recurso precioso de forma justa e equitativa, usando a água como um instrumento de paz.

Grynspan sublinhou que os países devem colaborar para aumentar o acesso à água potável e ao saneamento e para melhorar a gestão hídrica para efeitos de produção e irrigação, que tem o potencial de tirar milhões de pessoas da pobreza e da fome. A importância desta cooperação deve ser evidenciada na agenda de desenvolvimento pós-2015, assim como na formulação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“A água está no coração da crise diária enfrentada pelos milhões de pessoas mais vulneráveis no mundo”, disse, enfatizando que “a cooperação hídrica eficiente e inclusiva a todos os níveis – local, nacional, regional e internacional – é essencial para uma governação hídrica eficaz e, assim, para alcançar metas e objetivos essenciais relacionados com a água”.

“A nível nacional, o envolvimento da comunidade, as vozes e participação das mulheres e a cooperação do sector privado são essenciais; a nível regional, o diálogo, a partilha de informação e a cooperação em recursos hídricos transfronteiriços para promover a paz, a segurança, a protecção ambiental e o desenvolvimento económico regional devem ser apoiados.”

“A nível global, as normais internacionais, os objetivos e as metas sobre a água e outras questões associadas, como as alterações climáticas e os mecanismos de cooperação tais como a ONU Água, a iniciativa Saneamento e Água para Todos e o Ano Internacional da Cooperação pela Água, são fundamentais.”

A Conferência vai servir para informar os Estados-membro das Nações Unidas relativamente ao modo como vão levar a cabo o processo de formulação da agenda pós-2015 de desenvolvimento sustentável, acrescentou Grynspan.

“Os governos, o sistema das Nações Unidas, o sector privado, a sociedade civil e os cidadãos em geral têm todos que se juntar e fazer ouvir a sua voz por uma agenda pós-2015 e uma agenda de desenvolvimento sustentável que pertencerá a todos. Exorto a que todos se mantenham envolvidos e que participem neste diálogo global sem precedentes”, acrescentou.

Centro de Notícias da ONU | Traduzido por UNRIC [23 de junho de 2013]

69º Aniversário da Organização das Nações Unidas assinalado em Lisboa e Porto

UNDAY-PT

Façamos um mundo melhor

Vamos fazer do mundo um lugar melhor 

Vídeo apresentado no contexto da Cúpula do #Clima das Nações Unidas.

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

O Centro Regional de Informação das Nações Unidas para a Europa Ocidental (UNRIC), sedeado em Bruxelas, presta informação sobre as actividades da ONU nos países da região, incluindo Portugal. Põe à disposição do público os principais relatórios da ONU, documentos, publicações, fichas informativas, comunicados de imprensa e notícias, em várias línguas, nomeadamente o português.