Segunda, 06 Julho 2015
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

ONU aplaude estratégia dos Estados Unidos para as alterações climáticas

06-25-2013cristianafigueresO plano de acção climática do presidente Barack Obama pode representar um avanço crucial no caminho rumo a um novo acordo climático global, afirmou, esta terça-feira, Christiana Figueres, a chefe do organismo das Nações Unidas para as alterações climáticas, em resposta à estratégia anunciada pelo presidente do Estados Unidos.

“Quando os Estados Unidos lideram a acção, isso também encoraja esforços internacionais mais rápidos para combater as alterações climáticas ao fortalecer a confiança política, construindo um momento empreendedor e conduzindo a novas soluções tecnológicas”, disse a Secretária Executiva da Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas, Christiana Figueres, em comunicado.

Figueres disse que o plano é o próximo passo necessário para responder a um deficit imediato e preocupante em curso, e caso seja implementado na mais completa extensão, tal como planeado, a nova estratégia demonstrará os Estados Unidos na liderança de uma acção séria para responder às alterações climáticas, tanto a nível interno como internacional. A secretária executiva apelou ainda para que o plano seja visto como positivo, tanto para a economia dos Estados Unidos, como para as economias de outros países.

“Aplaudo o facto de os Estado Unidos quererem desempenhar um papel de liderança ao ajudarem a delinear uma solução verdadeiramente global para as alterações climáticas que possa galvanizar a acção internacional a reduzir significativamente as emissões, que prepare para os impactos climáticos, através de negociações internacionais”, observou Figueres.

Obama apresentou o seu plano nacional num discurso importante na Universidade de Georgetown na cidade Washington, a capital do país. O plano inclui propostas para reduzir a poluição de carbono no país, para preparar os impactos das alterações climáticas e para galvanizar a acção internacional.

“É importante que o novo plano tenha o propósito de se iniciar rapidamente e que abranja a lista completa de soluções para as alterações climáticas: energias limpas e renováveis, eficiência energética e várias acções que todos os países precisam de adoptar para se adaptarem ao aceleramento das mudanças climáticas”, disse o responsável das Nações Unidas pelas alterações climáticas.

O anúncio dos Estados Unidos surge a meio das negociações, em curso, lideradas pelas Nações Unidas, sobre um tratado universal sobre alterações climáticas até 2015, que poderá entrar em vigor no início de 2020. Um dos objectivos é manter o aquecimento global inferior a 2 graus célsius, acima dos níveis pré-industrais.

O plano é “a próxima etapa necessária” para responder a um decréscimo na acção e deve ser "impulsionador de um consenso político novo e de alto nível entre os países” para suavizar o caminho rumo a um progresso mais rápido nas negociações sobre alterações climáticas, disse Figueres.

25 de junho de 2013| Centro de Notícias da ONU (Traduzido e editado pelo UNRIC)

70º Aniversário da Organização das Nações Unidas

UN70 Logo Portuguese vertical 250px

Logo only Time for global action banner 253x95 Portuguese

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

O Centro Regional de Informação das Nações Unidas para a Europa Ocidental (UNRIC), sedeado em Bruxelas, presta informação sobre as actividades da ONU nos países da região, incluindo Portugal. Põe à disposição do público os principais relatórios da ONU, documentos, publicações, fichas informativas, comunicados de imprensa e notícias, em várias línguas, nomeadamente o português.