Sexta, 22 Maio 2015
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

No Dia Internacional da Mulher de 2013, o mundo exige ação urgente para acabar com a violência contra mulheres e meninas

gender based violenceNova Iorque, 7 de Março de 2013 - Para combater aquilo que continua a ser uma realidade terrível para milhões de pessoas, vários eventos no âmbito do Dia Internacional da Mulher, assinalado a 8 de Março na sede da ONU e em todo o mundo, estão a apelar à ação para pôr fim à violência contra as mulheres e meninas, usando concertos satélites, seminários e lançamentos de músicas para sensibilização.

Como foi demonstrado vividamente em 2012, a violência contra as mulheres é universal, e é predominante em todos os países e em todos os contextos. Uma jovem foi violada até a morte, outra suicidou-se por causa de um sentimento de vergonha que deveria ter invadido os perpetradores, e adolescentes jovens foram baleados à queima-roupa por se atreverem a procurar ter uma educação, disse o secretário-geral Ban Ki-moon .

"Estas atrocidades, que justamente provocaram a indignação mundial, fazem parte de um problema muito maior, que permeia praticamente todas as sociedades e todos os domínios da vida", disse ele. "Este ano, no Dia Internacional da Mulher, nós convertemos a nossa indignação em ação. Nós declaramos que vamos julgar os crimes contra as mulheres, e que nunca vamos permitir que as mulheres sejam sujeitas a punições pelos abusos que sofreram ".

Mais de 125 países têm leis específicas que penalizam a violência doméstica. Este é um número histórico, no entanto, 603 milhões as mulheres vivem em países onde a violência doméstica ainda não é um crime. Cerca de 7 em cada 10 mulheres no mundo será espancada, estuprada, abusada, ou mutilados durante as suas vidas. O Secretário-Geral do UNiTE pelo Fim da Violência contra as Mulheres campanha, lançada em 2008, baseia-se na premissa simples, mas poderosa que todas as mulheres e meninas têm o direito humano fundamental de viver livre de violência.

"Seja oferecendo fundos para uma causa ou emprestando a sua voz a um protesto”,  disse Ban, "todos podem fazer parte do impulso global para acabar com esta injustiça e oferecer às mulheres e meninas a segurança e liberdade que merecem".

 Alguns dos ventos que assinalam o dia em todo o mundo:

• Um webcast ao vivo na sede da ONU em 10:00 EST irá ao ar o lançamento oficial de uma música Mulher - One Woman song, escrito para a ONU Mulheres e cantada por 24 artistas de todo o mundo.

• O Centro de Serviço Regional das Nações Unidas em Entebbe, Uganda promove um encontro com Nathalie Dongo-Seh, Chefe de Conduta e Disciplina da Missão das Nações Unidas na República do Sudão do Sul (UNMISS), com vídeos sobre o tema.

• O Centro de Informação das Nações Unidas (UNIC), em Moscovo acolhe um evento cultural no dia 5 de Março, com representantes do governo e da sociedade civil, a abertura de uma exposição de mulheres artistas e música ao vivo.

• O UNIC em Ancara, na Turquia, pretende organizar um evento conjunto com a Comissão da União Europeia de sensibilização para as questões da igualdade de género.

• Em áreas frágeis e afetados por conflitos, observâncias inclui eventos organizados pela Missão de Assistência das Nações Unidas para o Iraque (UNAMI) e Nações Unidas de Assistência e Obras Agência para os Refugiados da Palestina no Próximo Oriente (UNRWA).

• O Departamento de Operações de Paz das Nações Unidas e o Departamento de Informação Pública desenvolveram uma campanha digital: Mulheres e manutenção da paz: Trabalhar para proteger e capacitar as mulheres.

• O Vice-Diretor Executivo Lakshmi Puri do ONU Mulheres organizou um Twitter chat que antecedeu a sessão deste ano da Comissão sobre o Estatuto da Mulher (4-15 de Março), que se centrou na questão da eliminação da violência contra as mulheres e meninas.

•  A UNESCO, a Sveriges Radio e Radio France co-organizam uma homenagem às mulheres através dum concerto: From the romantic to the electronic (Do romântico ao eletrónico), transmissão ao vivo da Sede da UNESCO em Paris, na rádio sueca rádio P2 e France Musique, e na rede de satélites Euroradio, uma actividade na Rádio-Televisão da União Europeia.

70º Aniversário da Organização das Nações Unidas

UN70 Logo Portuguese vertical 250px

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

O Centro Regional de Informação das Nações Unidas para a Europa Ocidental (UNRIC), sedeado em Bruxelas, presta informação sobre as actividades da ONU nos países da região, incluindo Portugal. Põe à disposição do público os principais relatórios da ONU, documentos, publicações, fichas informativas, comunicados de imprensa e notícias, em várias línguas, nomeadamente o português.