Terça, 24 Outubro 2017
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

Segurança alimentar e nutrição devem ser incluídas na Agenda de desenvolvimento Pós-2015

food secutity 1402artNutrição e segurança alimentar devem ser os mais importantes objetivos de desenvolvimento e como prioridades para além de 2015, a data marcada para alcançar as metas de redução da pobreza conhecidas como os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio, a que as Nações Unidas têm dado tanta ênfase.

“Em linha com o desafio - Fome Zero - lançado pelo Secretário-geral das Nações Unidas e em estreita colaboração com os nossos parceiros de desenvolvimento, nós acordámos que devemos bater-nos por nada menos que a erradicação da fome, insegurança alimentar e malnutrição é o que nós temos que esforçar-nos para combater”, disse José Graziano da Silva, o Diretor-geral da Organização para Alimentação e Agricultura (FAO).

Abrindo a consulta global sobre a fome, segurança alimentar e nutrição para a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015, ocorrida em Roma na Segunda, o Sr. Graziano da Silva motivou a comunidade internacional para se comprometer com a completa erradicação da fome em função das prioridades do desenvolvimento do Pós-2015.

Reduzir para a metade a proporção de pessoas com fome no mundo até 2015 está entre os alvos dos 8 ODM. Cerca de 50 países estão no caminho certo para atingir tal meta, observou o Diretor-geral.

Amir Abdulla, vice-diretor executivo do Programa Alimentar Mundial (PAM), chamou os países a continuarem o trabalho juntos para fazer da fome, “o primeiro problema solucionável no mundo”.

Enquanto isso, Carlos Serè, Chefe de Estratégia de Desenvolvimento do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), enfatizou que "investir no desenvolvimento sustentável das zonas rurais e em crescimento rural inclusivo", com foco na agricultura familiar, é fundamental para a segurança alimentar global e para a Agenda Pós-2015.

A principal conclusão desta sessão de consulta foi um apelo à inclusão da questão da nutrição na Agenda de Desenvolvimento Pós-2015, bem como as diferentes dimensões da subnutrição e os problemas de rápido crescimento da obesidade e doenças relacionadas não transmissíveis, segundo o comunicado de imprensa emitido pela FAO.

Ficou também a ressalva, entre outras coisas, de que a segurança alimentar e nutricional representam a pedra angular para o progresso em todas as frentes de desenvolvimento, tais como emprego, educação, meio ambiente e saúde e na realização de um futuro de qualidade para a humanidade, informou a agência.

O desafio da Fome Zero, lançado pelo Secretário-geral Ban Ki-moon na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) no Brasil em Junho passado, aponta para um futuro onde cada indivíduo tem uma nutrição adequada. Seus objetivos são cinco para ter certeza de que todos no mundo têm acesso a alimentos nutritivos suficiente durante todo o ano, para terminar baixa estatura na infância, para construir sistemas alimentares sustentáveis​​, para dobrar a produtividade e a renda dos pequenos agricultores, especialmente as mulheres, e para evitar que o alimento seja perdido ou desperdiçado.

 

13 Fevereiro | UN News Centre |

[traduzido por UNRIC]

António Guterres visita Dominica após passagem de furacão

Sustainable Development Goals LOGO PT vertical 250

Sustainable Development Goals POSTER 250px

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária