Sexta, 22 Maio 2015
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

Conselho Económico e Social da ONU elegeu novo presidente em ano “crucial” para traçar o caminho em direcção ao desenvolvimento sustentável

541610-ecosocbatonO Embaixador da Colômbia Néstor Osorio (na foto, à esquerda) foi ontem eleito Presidente do Conselho Económico e Social (ECOSOC), assinalando a transição anual da liderança de um dos seis órgãos principais da ONU, e o maior órgão responsável por responder aos desafios económicos, sociais e ambientais do mundo.

Dirigindo-se ao ECOSOC na sede da ONU em Nova Iorque, o Sub-Secretário-Geral para os Assuntos Económicos e Sociais, Wu Hongbo, agradeceu ao Presidente cessante, Miloš Koterec, da Eslováquia, e congratulou Néstor Osório pela sua nova função à frente do Conselho, declarando que a liderança deste chega num período de transição crucial para o futuro do planeta.

“Enquanto traçamos um caminho com vista ao desenvolvimento sustentável, a transição que se nos apresenta não é opcional, é inevitável”, declarou Wu Hongbo. “O planeta não pode simplesmente sustentar nove mil milhões de habitantes que aspiram a padrões de vida mais elevados, se continuarmos encerrados neste consumo insustentável”.

Citando um provérbio chinês que capta a importância de se estabelecer um quadro de sustentabilidade para benefício das gerações futuras, Wu Hongbo acrescentou que 2013 será “um ano muito importante” para o Conselho, no que respeita às questões de desenvolvimento.

“Os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável começam a ganhar forma”, continuou. “Estamos também a lançar o processo sobre estratégias de financiamento para o desenvolvimento sustentável. As discussões no forum politico de alto nível irão começar em breve”, acrescentou, referindo-se a um dos resultados da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), realizada no Brasil em Junho de 2012. Mencionou o trabalho feito na conferência, onde “novos panoramas” se abriram para o ECOSOC, oferecendo um “novo impulso” ao reforço deste órgão.

“Estamos agora a avançar da recolha de propostas e ideias para negociações importantes”, concluiu Wu Hongbo. “Estou confiante que Sua Excelência o Senhor Nestór Osorio usará a sua liderança para que o ECOSOC beneficie plenamente destas oportunidades”.

No seu discurso perante o Conselho, Miloš Koterec sublinhou o trabalho levado a cabo durante o seu mandato, que, disse, foi desafiante, com dificuldades motivadas pela actual crise financeira global e os seus efeitos colaterais.

“Perante a continua volatilidade dos preços dos alimentos, temos que nos perguntar se os preços altos dos alimentos estão a tornar-se o novo “normal”, colocando em risco a sobrevivência de muitos, e fazendo regredir o desenvolvimento conseguido nos últimos anos”, declarou.

Koterec identificou ainda o rápido crescimento do desemprego jovem em todo o mundo como motivo de preocupação crescente, e alertou que os jovens do mundo estão entre os mais afectados pela recessão económica.

“O desemprego jovem disparou nos últimos anos, causando taxas de desemprego jovem sem precedentes em todo o mundo”, afirmou o Presidente cessante, assinalando que em todo o mundo existem cerca de 74 milhões de jovens desempregados, muitos dos quais no Sul global, e sublinhou ainda os esforços do ECOSOC para mitigar o problema através do Fórum da Juventude, apoiado pela ONU, que afirmou ter tido “grande sucesso” na resposta aos desafios enfrentados pelos jovens no mercado de trabalho global.

Manifestando a esperança de que a iniciativa marque o início de um “crescente envolvimento dos jovens” nas actividades do ECOSOC, o Presidente cessantes acrescentou que os diversos problemas com que o mundo se defronta em 2013 “ilustram uma vez mais a necessidade de uma ONU forte e eficaz”.

“Nós no ECOSOC temos que continuar a trabalhar arduamente para cumprir o nosso mandato e contribuir para um mundo melhor”, declarou.

O ECOSOC é composto por 54 membros, eleitos pela Assembleia Geral por períodos de três anos. Os lugares no Conselho Económico e Social são distribuídos com base numa representação geográfica, incluindo catorze países africanos, onze asiáticos, seis do Leste Europeu, dez países da América Latina e Caraíbas, e treze países da Europa Ocidental e outros.

 

Fonte: UN News Centre | 28 de Janeiro de 2013

70º Aniversário da Organização das Nações Unidas

UN70 Logo Portuguese vertical 250px

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

O Centro Regional de Informação das Nações Unidas para a Europa Ocidental (UNRIC), sedeado em Bruxelas, presta informação sobre as actividades da ONU nos países da região, incluindo Portugal. Põe à disposição do público os principais relatórios da ONU, documentos, publicações, fichas informativas, comunicados de imprensa e notícias, em várias línguas, nomeadamente o português.