Quinta, 02 Outubro 2014
UNRIC logo - Portuguese

A ONU na sua língua

Conselho de Segurança congratula Timor-Leste pelos progressos conseguidos nos últimos anos

534897No momento em que as Nações Unidas terminam a sua operação de manutenção de paz em Timor-Leste, o Conselho de Segurança aplaudiu ontem (19 de Dezembro) os "feitos notáveis" conseguidos pelo país na última década, durante o período de transição em que deixou de ser um enclave colonial para se tornar um Estado independente e democrático.

"O Conselho de Segurança aprecia os progressos consideráveis conseguidos por Timor-Leste ao fortalecer as instituições Estatais ao nível das capacidades institucionais e de recursos humanos", afirmou o Conselho num comunicado lido à imprensa pelo Embaixador Mohammed Loulichki, de Marrocos, país que detém a presidência do órgão em Dezembro.

Sublinhando que Timor-Leste conseguiu também avanços relevantes nas áreas da segurança, justiça e governação, que desempenham "papéis cruciais na salvaguarda da estabilidade e promoção da democracia", o Embaixador elogiou ainda o país pela recente realização com sucesso de eleições presidenciais e legislativas que segundo ele "ajudaram a consolidar as instituições democráticas de Timor-Leste".

Desde que se separou formalmente da Indonésia em 2002, Timor-Leste passou por uma longa jornada, por vezes violenta, até chegar à independência e democracia. Após a eclosão de novos combates em 2006, a ONU estabeleceu no país uma operação de manutenção de paz (Missão Integrada das Nações Unidas em Timor-Leste — UNMIT), que substituiu as missões anteriores.

Desde então, o país tem-se mantido no caminho da democracia. Este ano, Timor-Leste celebrou o 10º aniversário da sua independência, elegeu um novo presidente e realizou eleições legislativas, que decorreram em geral de forma pacífica e ordeira, encorajando a esperada retirada definitiva da UNMIT.

Na sua declaração, o Presidente do Conselho de Segurança congratulou o Governo e todos os Timorenses pela sua "firme colaboração e parceria" com as forças da ONU presentes no país, e sugeriu que o exemplo da UNMIT e o princípio da propriedade nacional podem servir de modelo futuro para colaborações conjuntas de outras missões da ONU em todo o mundo.

"O Conselho de Segurança sublinha a importância do apoio contínuo a Timor-Leste agora que o país embarca numa nova fase de desenvolvimento, sem a UNMIT", afirmou ainda Mohammed Loulichki, acrescentando que o Conselho regista com satisfação o envolvimento do Secretário-Geral Ban Ki-moon com o país, enquanto este "procura preservar e consolidar os ganhos resultantes da construção da paz".

A retirada da UNMIT prossegue rapidamente e espera-se que os elementos restantes da missão da ONU deixem o país até ao dia 31 de Dezembro.

Façamos um mundo melhor

Vamos fazer do mundo um lugar melhor 

Vídeo apresentado no contexto da Cúpula do #Clima das Nações Unidas.

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

O Centro Regional de Informação das Nações Unidas para a Europa Ocidental (UNRIC), sedeado em Bruxelas, presta informação sobre as actividades da ONU nos países da região, incluindo Portugal. Põe à disposição do público os principais relatórios da ONU, documentos, publicações, fichas informativas, comunicados de imprensa e notícias, em várias línguas, nomeadamente o português.