Previous  Next
O que é a manutenção da paz?
 

A manutenção da paz é uma forma de ajudar os países dilacerados por conflitos a criarem as condições necessárias a uma paz sustentável. Os capacetes azuis das Nações Unidas – soldados e oficiais das forças armadas, agentes da polícia civil e pessoal civil de muitos países – acompanham e observam os processos de paz iniciados em situações pós-conflito, ajudando os ex-combatentes a aplicarem os acordos de paz que assinaram. Este tipo de assistência assume muitas formas, nomeadamente, medidas de reforço da confiança, modalidades de partilha do poder, apoio eleitoral, reforço do Estado de direito e desenvolvimento económico e social.

A Carta das Nações Unidas confere ao Conselho de Segurança da ONU o poder e a responsabilidade de empreender acções colectivas com vista a manter a paz e a segurança internacionais. É por esta razão que a comunidade internacional recorre ao Conselho de Segurança quando é necessário autorizar operações de manutenção da paz. Estas operações são, na sua maioria, definidas e implementadas pelas próprias Nações Unidas, que utiliza para o efeito tropas que prestam serviço sob o comando operacional da organização. Noutros casos, quando não se considera apropriado ou viável haver um envolvimento directo da ONU, o Conselho autoriza que organizações regionais como União Europeia (UE), a União Africana(UA), a Organização do Tratado do Atlântico Norte, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental ou coligações de países dispostos a agir desempenhem certas funções de manutenção da paz ou de imposição da paz
.